quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Quem não sabia que, o aferista Primeiro-ministro, Umaro Sissoko, anda apenas a vender: Droga, favores etc... Qual é o país do mundo que oferece gratuitamente para viagens aviões a torta e direita a uma pessoa? Só pessoas atradas mentalmente é que aceitam isso. Umaro Sissoko disse publicamente que, em todas as viagens que faz não gasta um tostão do Estado guineense. Pode ser verdade que não gasta assim liquidamente, mas o que é que dá em troca? É isso que está a passar agora nas ilhas

Guiné-Bissau estará à venda?


Ontem, a televisão da Guiné-Bissau emitiu uma notícia sobre as idas do 'primeiro-ministro' Umaro Sissoco e do 'ministro' do Turismo Fernando Vaz ao arquipélago dos Bijagós - fazer não se sabe bem o quê.

À TGB, o 'primeiro-ministro' que adora ser fotografado com estadistas africanos de reputação duvidosa, mostrou-e deslumbrado...com coisa nenhuma. O 'ministro' Fernando Vaz, como só ele sabe ser, soltou números imprecisos como quem dá valentes gargalhadas, falou em projectos mas nada de concreto. Mera utopia. Todos conhecemos o Fernando Vaz de outras andanças...

O que a TV da Guiné-Bissau NÃO contou foi isto:

A comitiva dormiu bem acompanhada durante duas noites em Rubane (Bubaque, só mesmo de raspão), e tinha dois hóspedes de pesoos filhos dos presidentes da Guiné-Equatorial e do Congo. Agora, pergunto: de que negócios trataram? As nossas ilhas estarão à venda? Terão sido já encomendadas? AAS