sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

JOMAV continua a perseguir o mundo: Tirou antero Correia dos Serviços de Informação de Estado e nomeou o seu cão, Avelino Cabral. Para este continuar a dar-lhe informações de conveniência. Antero recusou ser cão. Recusou ser mentiroso; recusou perseguir as pessoas. Como consequência, saiu. Vai entrar Avelino Cabral, que mija na rua

Obrigado Antero Correia. Tanto você como Alfredo Malú, que saiu porque é de Nuno Nabian, saíram honrados das funções. Nós, mantivemos atento. Nada Avelino Cabral ca pudi fassi. JOMAV é burro, e como Presidente da República nunca procurou saber como funcionam os SIE.
JOMAV, tu estás no final da sua vida. Ninguém tem medo de ti...
Ratcha cadera ku miti pé na cadera, kila kumsa há muito.