terça-feira, 31 de janeiro de 2017

FRANCISCO BENANTE PEDE AO MINISTÉRIO PÚBLICO MAIS CONTENÇÃO PARA NÃO TRANSFORMAR NUM CÃO DE CAÇA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA.
O antigo presidente da Assembleia Nacional Popular igualmente Inspector Superior de Luta Contra Corrupção Francisco Binante qualifica de quadro negro e jamais visto, as actuações do Chefe do Estado, José Mário Vaz.
Em declarações nesta segunda-feira à imprensa, Francisco Benante falou sobre o actual cenário político, ensombrado pelo agravamento da crise política, associado com ausência de José Mário Vaz na Cimeira da União Africana que decorre em ADDIS ABEBA, ETIOPIA.
Benante exorta ao Ministério Público, mais contenção nas suas actuações para não transformar num cão de caça do Presidente da República, contra Nuno Na Biam, Domingos Simões Pereira e outras figuras políticas.
O Inspector Superior da Luta Contra a Corrupção considera de triste e negra as actuações de José Mário Vaz e desvaloriza sucessivas denúncias de corrupção feitas por este no aparelho de estado da Guiné-Bissau.
“As denuncias do Presidente da Republica Parecem mais odio e perseguição politica com vista a denigrir a imagem do líder do PAIGC, DSP”, disse Benante.
Conosaba/Notabanca