quinta-feira, 30 de junho de 2016

Braima Camará e Geraldo Martins ' quero que escrevam para mim' temos que fazer face ao Baciro Djá e JOMAV

Braima, JOMAV e Baciro não são teus amigos. É sibi ké ku é combina contra bô. Braima, o apelo não é para te atacar. Sei o que tens feito para o bem do Sector Privado, mas deves estar neste momento a lamentar a escolha do Baciro Djá. Como é que ele é apoiado por ti para ser PM, depois vem com estes ataques ao sector que tu controlas. Um alto dirigente da CCIAS recebeu um bilião desse dinheiro. Braima, pense bem. Reaja antes que seja tarde. Porque se o Baciro Djá sair do Governo, tudo o que ele fez 'na bai suma mon di sal na iagu'. É melhor dar-me elementos para poder colocá-lo na rua antes que seja tarde.

Geraldo, este é para o teu bem. Precisas de lavar a imagem. A compra de crédito pode ser uma decisão errada, mas não é crime. Se não, manda-me informações para te ajudar a explicar. Também faça isso para que não venha a ser tarde.

DL - Amigo do Jurista
combatenteconhecido@gmail.com

DOKA KUMA DJINTIS DI GOVERNO CATA CUDIL TELEFONE

Mas doka, tu achas que contas para alguém? Só aproveitam de ti, porque acham-te um suicida. Só Isso. Recebes alguns francos, acabam no dia seguinte e estás feito. Comece a pensar sobre o que fazesaos outros. De tanto ódio que estás a espalhar, este JOMAV que deixou o PAIGC sem pensar duas vezes, deixa-te sem pensar uma única vez. Aqueles que te dão informações sobre os outros, não estarão depois. Pense nisso Doka. HUM. aiai

DL - Amigo do Jurista
combatenteconhecido@gmail.com

Doka Já desistiu de ser Director da Polícia Judiciária?

Bu cata burgunho ku tudo kim ku permitiu kil curu. Dilinquente da merda. Com tanta juventude competente na PJ, vai logo um delinquente como tu para o cargo de Director. Má és propi ki lebsementi.
Conseguimos arranjar o tempo para vocês. Vamos descer ao vosso nível para entendermo-nos, depois cada um volta a ocupar o seu lugar. Se dependesse de nós, o vosso Governo até podia continuar, para vermos o que são capazes de fazer. Mediocres.

DL - Amigo do jurista
Combatente conhecido

Baciro Djá ndjuty jornalistas guineenses - Kuma DSP kuma elis tudu. Agora ku DSP téné dinheru

Ele trouxe para a sua propaganda senegaleses, cabo-verdianos, portugueses e gambianos. Jornalistas di Guiné gora ku kumpanhal té cau ku i sta nel sim. Ingratu i Ingratu som. Mas bem feito, porque até o Abduramane Turé, já é jornalista apoiante do Governo e di Jomav. O Abduramane que disse que JOMAV não tem moral para ser PR porque roubou 12 milhões de dólares de Angola....


DL - Amigo do Jurista
combatenteconhecido@gmail.com

Doka tu não tens nível para avaliar nada em termos económicos

Sabia que os melhores registos de receitas fiscais na Guiné-Bissau pertencem ao Geraldo Martins ou ao Governo de DSP? Sabia que, as receitas de Geraldo num semestre são 150% de JOMAV num ano? Sabias que em termos de progresso tanto econóimico como político, seis meses do Governo ultrapassam os melhores Governos que já passaram aqui? Dizes que Baciro Djá tem um Governo? Sabes o que é um Governo? Este grupo de pessoas tem programa? Tem Orçamento? Já chegaram ao Parlamento? Olha prepare uma tolha para limpar as vossas lágrimas quando o Tribunal decidir a Inconstitucionalidade desse assalto. Traidores e burros. Burros.
Esta história da dívida terá efeitos colaterais para JOMAV, porque é maior devedor do FUNPI. Não sabias, vais saber quando os números forem colocados na rua. Espere para ver.
Perdem eleições, perdem congresso, depois querem ser poder. Ambiciosos da merda.

DL - Amigo do Jurista
combatente conhecido@gmail.com

Insultos entre conselheiros de Jomav

Os conselheiros do JOMAV se envolveram nas cenas de insultos e quase que pancadarias durante o acto de distribuição de açúcar de “Indjundjun”.
Cenas de vergonhas aconteceram a luz do dia no prédio da Casa Escada, onde se encontravam entre outros conselheiros de José Mário Vaz, Djamanca, Avelino Cabral bem como muitas outras pessoas próximas do JOMAV.
Quem assistiu!

AVISO sério à Geraldo Martins: Geraldo quero informações até as mais confidenciais sobre este assunto

Sr. ex-ministro, não é chantagem nem ameaças. Manda para mim, as mais confidenciais informações sobre essa matéria. Já tenho a lista. Quero conversas e demais intervenções das pessoas que hoje fazem de santos. Vamos rebentar com isto e ver quem é o mais resistente.

Podes acreditar que não vou virar nunca contra ti, porque reconheço o teu trabalho. Foste melhor que JOMAV como MEF. Esta compra de carteira de dívida pode até ser uma decisão errada, mas não justifica todo este alarido. Mandem informações para mostrar-mos o mundo o que é verdade.
Querem acabar com os bons na Guiné, má na sé cabeça. Ingratos. És JOMAV Ingrato suma muntrus di Baciro Djá...

Mandem tudo neste email: combatenteconhecido@gmail.com

DL - Amigo do Jurista

Aviso à Baciro Djá sobre o descontentamento de Braima Camará

Sendo que só JOMAV acha que Baciro Djá pode ser Primeiro-ministro, entramos num beco sem saída. Mesmo se o STJ de justiça não decidir nada, baciro Djá terá nesses dias um forte ataque de Braima Camará. Tudo por causa da compra de créditos aos bancos. Baciro Djá nem se preocupou em saber quem foram os maiores beneficiários. Tem olhos postos em Geraldo Martins, mas não sabe quem é a principal vítima.

DEVEDORES, ESCREVAM-ME NO combatenteconhecido@gmail.com, porque se o prazo acabar, vou publicara lista.
Nténé lista, djintis.

DL - Amigo do jurista

Apoiantes de JOMAV não conseguiram convencer Paulo Sanhá

Sabendo que a decisão lhes é desfavorável, os apoiantes do Presidente da República se desdobraram em compras de consciência. Não conseguiram convencer ninguém, porque tudo está blindado.
É mesmo caso para recordar o Manchester Gay... TIC Tac. OGIVA terrestre. Burro. Nasceste burro e vais morrer burro. Quem insulçta a mãe, insulta qualquer um....

DL - Amigo do Jurista

Preparados para desmascarar JOMAV e seus comparsas

O STJ vai declarar Inconstitucional a decisão de José Mário vaz de nomear Baciro Djá a margem das normas Constitucionais. Tendo em conta que a decisão já é do conhecimento de todos, porque disfarçar a contestação apenas no último dia, está em curso um novo plano.
Barricar como os membros do Governo de Carlos Correia barricaram e mal, diga-se a verdade e pedir a intervenção da comunidade internacional. Se a decisão sair hoje ou amanhã, ficarão ma governação até o dia em que JOMAV voltar.
Será ali o início do plano: arrastar, arrastar e dissolver a ANP para que baciro Djá continue no Governo de gestão.

DL - Amigo do Jurista

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Leitores, desculpem, mas isto será assim até quando JOMAV compreender

Este Blog será extraordinário na informação nos próximos tempos. Vamos formar uma equipa excelente capaz de ajudar o Guineense onde está. Vamos recueprar informações de diferentes órgãos. Mas por agora, como JOMAV quer tirar todo o mundo do sério - vamos começar por este caminho até quando ele aprender. bURRO. TIRA O PODER AO PAIGC SEM QUALQUER FUNDAMENTO E ENTREGA AO PRS E AINDA APARECEM CERTAS PESSOAS COM CARA DE LATA A CRUCIFICAR OS DIRIGENTES DO PAIGC. Agora os sérios são Braima Camará, Aristides Ocante, Tó Barbosa, respício Nuno, Satú Camará, Soares Sambú etc... etc... As pessoas perdem o Congresso e não querem aceitar.
MAIS UMA VEZ, AS MINHAS SINCERAS DESCULPAS.

DL - Amigo do Jurista

Uma sociedade em risco de desaparecer: Doka pára de assinar textos dos outros como teus

Doka, todos conhecemos-te com um fraco nível do português. Podes até não ter cuylpa por isso, porque te levaram, na qualidade de filho de um criminoso 'tropa di tuga' para Cuba, e por razões óbvias não tinhas muito tempo para aprender, tanto assim que as tuas escritas são autênticas aberrações e agressões a gramática portuguesa. Triste é tentares fazer-nos todos de burros. assinas os textos dos outros como os teus. isso é grave. Nem é plágio, mas sim incompetência e burice.

Andas a falar do DSP, mesmo a beira de fazer um ano fora da governação ainda falas dele. O DSP tem cumprido apenas a sua missão de presidente do PAIGC, partido legitimado nas urnas para governar. Se bô misti ôh, bô ca misti ôoo, ele vai continuar a falar em nome do PAIGc e a defender os interesses do partido e dos guineenses.

Doka para seres justo contigo mesmo, achas que há comparação possível entre DSP e Baciro Djá? Entre os Governos que passaram aqui com o de DSP?

És burro igual ao JOMAV. Só um burro como JOMAV acreditará que, Baciro Djá é capaz de fazer aquilo que o DSP não consegue fazer. E o DSP fez tudo bem, mas um burro como JOMAV viu tudo ao contrário. Burros, ingratos e invejosos.

I na tchiga dia, nô na bata conta ké ku cadaquim fassi li. JOmav lébi boca i tira dja tudu sobre djintis, i falta dia ku djintis na tira di sel. Ingrato e burro. Só alguém assim pensa que pode ter o Doka como promotor de imagem. Quem insulta a mãe; cospe e lambe o prato; faz amigos e inimigos em segundos, só pode estar no mesmo caminho com Jomav. Ingratu da merda.

DL - Amigo do Jurista

Para o Governo de Baciro Djá tudo vale e serve para desacreditar os outros

O desdobramento do actual Governo para desacreditar os anteriores, é surpreendente. para os membros do actual Governo, tudo vale e tudo serve para desacreditar os outros. mesmo que a mentira tenha que ser pintada, serve. Que tão mau terá sido o acordo da compra de crédito ao ponto de nenhum técnico das Finanças ter sido achado ou consultado!? O que é que os técnicos das Finanças dizem? São ou não sãos os mesmos que trabalharam com Geraldo?
A resposta é simples: Baciro sabe que tem dias contados e quer tudo fazer para que os outros acreditem nele. Não é possível. Se quer mandar na guiné deve ser competente e esperar pela sua vez de forma legal.

DL - Amigo do Jurista

Quem recebeu o dinheiro dos Bancos?

Este Governo só vai apreender, quando for tarde. Vejam e muito bem a lista. Entre os empresários da CCIAS e os da CCGB, quem mais engrossa a lista. Eu tenho, mas se alguém tiver, aceito comprar. Há um ex-vice-presidente e candidato... que recebeu um bilião. Este ex-vice, é apoiante do actual Governo. Hum. I na sibidu.

Enviem informações para: combatenteconhecido@gmail.com

DL - O amigo do Jurista (O País)

Conselheiros de JOMAV contra nomeação de Baciro Djá em apuros

O processo de nomeação de baciro Djá devidiu profundamente JOMAV com os seus conselheiros. Dos sete considerados núcleo duro, apenas Impossa Ié e o 'oscilante' Iaia Djaló não tinha uma posição clara. Braima Camará, Octávio Lopes, Marciano Barbeiro, Fernando Mendonça e Avelino Cabral eram todos apoiantes de Soares Sambú. Mário Vaz negou e perguntou à Braima Camará se ele não tem o direito de nomear ninguém. Braima Camará fez velkadas ameaças, Mas JOMAV não cedeu, porque tinha compromisso com Baciro Djá. Hoje, Octávio Saiu; Fernando Mendonça fugiu igualmente para Portugal e os outros foram obrigados à fitcha boca, senão, podem também ser corridos.

DL - Amigo do Jurista (O País)

JOMAV tem forçar protagonismo onde não tem

Será que um país tão democrático como portugal pactuará com as violações de JOMAV? Se Portugal na verdade, o que é mentira, pactuou com ele, então estamos feitos. É preciso dissermos não ao pequinês que este homem nos remeteu. Por isso, JOMAV vai cair. Com ou sem

PAIGC deve pensar no futuro

Hoje, atrás de Baciro Djá, vemos o PRS, Abduramane Turé e demais outros que há dois anos queriam que o partido e o seu candidato perdessem às eleições. Vemos pessoas que ontem diziam cobras e lagartos contra ao partido e a sua direcção. É muito importante estarmos atentos com o que se passa.

Mário Vaz finalmente contestou o PAIGC no STJ

O Presidente da República terá entrado com uma contestação no Supremo Tribunal de Justiça sobre o pedido de declaração de nulidade da nomeação de Baciro Djá. Hoje, todo o mundo está a espera do Tribunal para que decida.
Verdade, é que não existe possibilidade de se dizer que o homem tem razão. As circunstâncias da nomeação de Baciro Djá são hoje as piores em relação à Agosto de 2015. Na altura era terceiro vice-presidente do PAIGC, hoje não é. Na altura foi nomeado em nome do PAIGC que ganhou eleições, hoje não. Foi nomeado em nome do PRS que não ganhou.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Resgate dos Bancos: propaganda tem pernas curtas

Viva mintida di mentirosos

Burrice tem limites. Brincar com familiares dos outros é repudiável. Sedja Man foste um dos mentores do 12 de Abril

Resgate dos Bancos: propaganda tem pernas curtas: Sabiam que o Braima Camará saiu em defesa dos Governos anteriores??!!

A tão mediatizada dívida dos operadores ecónómicos comprada pelo Estado afinal é boa coisa. pelo menos desta vez, as pessoas reconheceram a boa fé e as estratégias do Governo anterior. Braima Camara disse que o assunto está a ser distorcido.
Felizmente, uma verdade veio ao de cima. Deus Obrigado

Um país perdido com JOMAV e sedja man

Guiné-Bissau depois de falhado com a escolha de José Mário Vaz, caminha largamente para um país perdido. Ter um Presidente da República que vê no Doka como uma mais valia para a promoção sda sua imagem, é sinal de que estamos em perigo.
Ter um procurador cuja agenda é imposta por Doka, significa que estamos feitos

Mundo de ingratessa

José Mário Vaz é agora amigo de Abduramane Turé, Manelinho e Abdú Mané. Estes nas eleições foram terríveis em tudo. Abduramane Turé nos microfones ao lado de Nuno Nabiam. Manelinho atrás de Paulo Gomes e Abdu Mané que disse que JOMAV é criminoso, pelo que não devia candidatar porque é criminoso.  I ka essis ku curto sintido. JOMAV propi ku curto sintidu.

Mário Vaz é um PR foragido da justiça e que protege mais os amigos

Os amigos de ocasião de Mário Vaz podem ser e fazer tyudo - mas os amigos reais dos outros não. O seu Governo de Palácio está a partir aos poucos

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Desvios incontroláveis em duas semanas de Governação

Só nas Direcções dos Ministérios, porque ainda não substituíram os Directores Gerais. Autorizações a torta e direita...

FMI e a verdade

O debate sobre a compra do crédito mal parado que está sendo fomentado pelo actual governo, é um assunto fora da questão. Triste é que, o STJ vai decidir declarar inconstitucional este Governo, depois de muita asneira ter sido cometida por eles mesmos.

Onde está o perigo do Governo tentar salvar empresários nacionais? Todos sabem que os empresários nacionais não pagam impostos e nem devolvem o banco o que recebem créditos. JOMAV e o outro são estes exemplos. JOMAV a esperteza que fez, foi utilizar a sua figura de ministro de Finanças para pagar falsas dívidas internas a ele mesmo e aos amigos. Mesmo com dinheiro, não pagaram as dívidas as bancos. Como consequência os bancos recusaram dar créditos e o sector privado arruinou.

O Governo tinha que intervir e assumir certas responsabilidades e as suas consequências. Uma delas era fazer com que os bancos voltassem a acreditar no sector privado e evitar que pessoas de má-fé continuassem a dizer que a economia nacional está nas mãos dos estrangeiros.

mas como tudo neste país é com má-fé, se decidiu falar com má-fé, sobre uma decisão bem fundamentada. Dizer que o FMI recusou apoiar por causa daquilo, é mentir a sociedade. Digam a verdade sobre o FMI!!!

DL - Amigo do Jurista

Argumentos do STJ para declarar a inconstitucionalidade da nomeação de Baciro Djá


O Supremo Tribunal de Justiça deverá mais uma vez declarar inconstitucional a decisão de José Mário Vaz em nomear Baciro Djá como Primeiro-ministro. A decisão ainda não foi tomada, porque os últimos pormenores do acórdão estão a ser concluídos. Não há hipótese da decisão ser contrária, porque factos Constitucionais, associados ao Acórdão nº 01/2015 impedem qualquer manobra. Senão vejamos; O Tribunal vai escrever no seu acórdão e legalmente argumentado na Constituição da República que:

ü  O vencedor das eleições é o PAIGC, por isso, o Presidente da República é obrigado a tomar em conta resultados eleitorais. E ter em conta resultados eleitorais, significa dar prioridade ao partido que venceu as eleições na escolha do PM. No acórdão nº 01/2015 o STJ disse que o PAIGC é incontornável na governação nessa legislatura.

Sobre os fundamentos do PR de ter escolhido entregar a governação ao PRS pelo facto deste ter uma lista dos 15 deputados expulsos do PAIGC, o Tribunal vai recorrer o acórdão número 2 para dizer que; 
ü  Os deputados para além de não puderem ser expulsos pela Comissão Permanente, não podem abandonar os seus partidos e irem juntar-se a outros em plena legislatura. Isso significa que, o PRS, não contém qualquer maioria; No Acórdão nº01/2015, o STJ disse que, não respeitar isso seria desvirtuar a democracia.

ü  As coligações se fazem entre partidos e não de forma isolada. Este ponto já tinha sido bem explicado no acórdão nº 01/2015. Nesse acórdão o Tribunal disse que os Governos são dos partidos


DL - Amigo de um Jurista