quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

PND não aceita integrar governo Sissoco


O Partido da Nova Democracia, com assento no parlamento, liderado por Iaya Djaló, um conselheiro do Presidente da República, diz que não integra o governo, tendo em conta que os procedimentos observados para a formação do atual Governo não respeitam os critérios mais justos e transparentes que nortearam o espírito do Acordo de Conacri.
" O PND recomenda o cumprimento escrupuloso de todos os pontos acordados em Conacri", lê-se no comunicado a Rádio Jovem teve acesso.