quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira reafirmou hoje a determinação do seu partido de não integrar o Governo que será formado por Umaro Sissoco, novo primeiro-ministro da Guiné-Bissau.
À saída de uma longa reunião com o representante da União Africana em Bissau, Simões Pereira disse que a decisão tomada na reunião dos órgãos internos do PAIGC prevalece.