terça-feira, 6 de dezembro de 2016

É ka cumpanu, nô lati nam, el ku manda nó cata publica

CRISE POLÍTICA/NOTÍCIA DC: Incidente grave na ANP

Um incidente grave marcou, esta manhã, a visita formal do primeiro-ministro de 'iniciativa presidencial' à Assembleia Nacional Popular. Fontes da ANP confirmaram tudo ao DC. Umaro Sissoko foi ter com o presidente da ANP, Cipriano Cassama, e disse-lhe que ia formar Governo (que tomaria posse na próxima sexta-feira).

Cassama tentou demover o PM, dizendo-lhe que esperasse pelo dia 17, altura em que o mediador e presidente da Guiné-Conacry, Alpha Conde, mandatado pela CEDEAO, revelará o nome escolhido pelo PAIGC, partido vencedor das eleições legislativas de 2014 com maioria absoluta, juntos dos seus pares da sub-região.

Cissoko recusou a proposta, e estalou então a confusão, obrigando à intervenção dos guarda-costas de um e do outro lado. "Cipriano Cassama expulsou despoticamente o Sissoco do seu gabinete". Assim que abandonou as instalações da ANP, o 'primeiro-ministro' foi directo para o palácio da República. AAS