quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Povo i ka lixo biodegradável. Somos recicláveis! Por, Carina Salgado Gomes

Ajudem-me com a minha almofada que até agora não me conseguiu dar as respostas certas:
Eu acho, não tenho a certeza mas, penso mesmo que o JOMAV antes de se candidatar ao PR, tinha um processo jurídico para responder. Lembro-me que na altura disseram que o mesmo não podia candidatar-se.
O STJ, disse que não podia. A seguir o que aconteceu, o nosso partido libertador que ainda continua a nos prender, disse: nao! Como não pode se candidatar? Pode, pode porque nós os libertadores vamos fazer com que possa. Vamos sim, porque nós mandamos e desmandamos. Fazemos e desfazemos as leis. (Rompemos) e corrompemos a justiça. Não precisamos da opinião de ninguém. Queremos para o PR o ex Ministro das Finanças do glorioso governo de Cadogo que pagava aos 25 dias de cada mês. Este sim, vai ser o nosso, vosso PR é de todos os guineenses, custe o que custar.
Passado alguns dias...VIVA! Candidato dos 25 já pode avançar com a sua candidatura. Avançou e lá chegou. Chegou la porque o PAIGC quis e ninguém se opôs a isso. Nô canta viva i nô toca palmo! (Ami tudo mbai)...mbai, n'toca, m'buzina...n'faci tudo...hora de vota tchiga n'vota. N'vota, abo (talvez) bu vota e manga de milis utrus vota tam.
Quase que o PAIGC nos impingiu o JOMAV para ser o nosso presidente e nós lhes ajudamos com o gosto sem dizer não porque, o Libertador não está habituado a ouvir o NÃO de ninguém. Quem diz não aos libertadores, é quase dizer adeus aos teus familiares porque vais à forca. Não têm a capacidade para viver na sociedade onde prevalece a DEMOCRACIA. Porque não vivemos na DITUDURA de uma vez por todas? Uma questão para quem quer responder.
Portanto, Avancemos na crónica do PAICG, espero estar a respeitar a cronologia. Depois dos ganhos e perdas nas eleições, o JOMAV é o nosso e tanto almejado Presidente da República e claro faziam um trio imbatível: Jomav, PR; Domingos, PM e Cassama, P-ANP. Estava tudo uma maravilha. Tínhamos CR7 e Messi mais o Mourinho. Todos no mesmo lado.
A seguir, veio a hora das nomeações para o elenco governativo. Problema kudi...dias cinzentos já se aproximavam...o que é certo é que ja se balbuciava na estrada principal até à fornalha onde tudo ocorre ( Praça dos Heróis Nacionais - Palácio Presidencial e a sede do PAIGC) e para nós que não entramos nesses sítios temos o privilégio de ouvir qualquer coisa no Dias e Dias, fera de bande e muitos mais sítios, porque cada um se vangloria da posse de informações que deviam ser o dito Segredo de Estado.
Mbom...nomea ka nomea, Leba nome ka leba, entra k sai na sedi di PGC ki utrus na presidência pabia é sibi kuma si bu pega ba tam trás de nhu Vaz, hum...bu pudi ba consegui algum kusa...e lá se foram...nomi lebadu, guvernu formadu e...maior parte do POVO, (ouviram?) ficou descontente. Mas, quem ouviu o povo? NINGUÉM. PORQUE NAO INTERESSAMOS A NINGUEM. JA NAO PRECISAVAM DO POVO. AINDA DIZEM QUE O "POVO I KA LIXO"? Os nossos políticos que aplaudimos, aqueles políticos que só conhecem o Zé Povinho aquando das eleições, aqueles políticos que separam, estragam as amizades tratam o POVO COMO LIXO. Sim como LIXO e quando não precisam, DESCARTAM, deitam na lixeira. Mas, cuidado...SOMOS RECICLÁVEIS NAS ELEIÇÕES.
Pronto...Ao formar o governo, lá foram os ministros que quase 80% indesejados pelo povo, outros cunhadas e cunhados do PM, pessoas que os seus Papás (os M'Ba Luta) exigiram as suas nomeações...( Compromisso de CACHEU. Porquê fazer alianças com os que sabes que depois até vão te pedir a tua vida. O Domingos aliou-se a pessoas a que não devia. Mais vale ser pobre do que vender a própria vida ao diabo. Dignidade acima de tudo!!!!!!!) Há princípios vitais que devemos preservar mas, na Guiné ja sabemos como a coisa funciona. Todos querem ser ministro e depois o céu é o limite...DG>PM>PR!!!!!!! Não existem retrocessos na Guiné.
Lá se passaram os dias e a coisa passou. Passou para o POVO. Pabia nô oredja curtu... Depois, vieram os murmúrios de que há crise. PR parece estar com problemas com o PM. Mas depois diziam sempre que não havia... mas DEPOIS:
- O Baciro ( o super ministro, o 2° no governo e no PAIGC demitiu-se porque já não era de confiança (falado kuma el k ta carga i leba, i Leba i tissi)
- até que um certo dia....o Cassamá que quase chegou de rastos à ANP....aos desmaios e ataques sobre ataques e nadando em mar de lágrimas....então Sr. Presidente, o que se passa? E ele...o PR vai derrubar o governo!!!!! Tchapa de Bissau! Fasi kantu???!!!!! Gossi k nô na secal li tok i sedu kam.....e cumpriu-se....foram horas a fio na ANP. Insultos intermináveis em directo à pessoa do PR.

Horas depois o PR disse que não ia derrubar o governo... Enganem-se! Passado algum tempo (minutos ou horas)... BOMBA!... GOVERNO KAI RUSS!
- O Judas, é nomeado PM. É nomeado por parte do nosso PR dos 25, sem perguntar a ninguém pois era o todo poderoso, alto mastrado ( ou i kuma ki ta tchamadu propi) do país.
Mbom....batimento kudi...Era dos "batimentos" dos governos. Instalou-se a verdadeira guerra sem armas na Guiné.
Luto na Cuntum.
Muntrundade de homis de calsa kunsa. Kada kim na luta pá si pom di kada dia, kada kin na luta pá si djanta...
Até hoje estamos a viver o derrubar e o formar de novos governos. Um ciclo. Uma guerra entre JOMAV E DSP.
Os guineenses mostraram-se fracassados e à beira do abismo. Incapazes de resolver os próprios problemas. Desde então já foram inúmeras vai-vens de altas figuras da Costa Ocidental que não resultaram em nada até que chegou o Milagroso, o Mal-entendido Acordo de Conacri!
Foram a Conacri, acordaram as coisas, assinaram e agora querem voltar atrás?
Tenham paciência que não estamos a fim dos vossos problemas.
DIGAM BASTA SEM TENDÊNCIAS, RECLAMEM OS DIREITOS INERENTES A QUALQUER POVO. Na realidade:
POVO I KA LIXO!
BASTA, BASTA, BASTA... JOMAV, DSP, CIPRIANO… NÓS, O POVO, NAO VOS QUEREMOS!


Nota GP: Carina, tudo bem, até onde não tiveste coragem de dizer que o problema nacional, é JOMAV. Foi ele quem armou toda a merda e não está a ter arte para se livrar. Esta luta, melhor ele renunciar, porque pirdi som ku i sta nel.