sexta-feira, 28 de outubro de 2016

A Guiné-Bissau arrecadou 14,3 mil milhões de francos CFA (21,8 milhões de euros) numa venda de títulos do tesouro realizada na terça-feira, anunciou hoje a agência da União Monetária de África Ocidental (UMOA, sigla francesa).
As propostas de compra ascenderam a 17 mil milhões de francos CFA e 14,3 mil milhões foram aceites - um valor superior aos 13 mil milhões previstos inicialmente no anúncio da emissão de dívida.
Os investidores vão beneficiar de uma taxa de juro média é de 5,9% a dois anos.
Esta foi a terceira e última vez que a Guiné-Bissau recorreu aos mercados financeiros em 2016, depois de já ter emitido 24 mil milhões de francos CFA (36,5 milhões de euros) em dívida pública, segundo dados da agência da UMOA.
Fazem parte da união monetária o Benim, Burkina Faso, Costa do Marfim, Mali, Togo e Guiné-Bissau.
Lusa.